Navigation Menu

Quarto Dia do Detox de Sucos





Acordei às 4hs da manhã, como já era de se esperar. Ainda sentindo muita vontade de comer, mas hoje tive uma surpresa muito bacana, a qual irei contar no decorrer da postagem.




Tenho notado algumas coisas diferentes. Hoje, por exemplo, ao tomar banho pela manhã, encontrei um gânglio (alguns conhecem como íngua) levemente inchado em meu pescoço e eu presumi que fosse mais um sinal de que o meu organismo está trabalhando em um processo de limpeza e cura.


Durante todos esses dias, tenho medido os meus níveis de glicose no sangue, pressão arterial e temperatura. Todos estão muito bons e em equilíbrio. Apesar de estar ingerindo uma quantidade grande de frutose (açúcar das frutas) e ter tendência à diabetes (tendo pai e mãe diabéticos), esses foram os meus níveis de glicose de hoje:



Glicemia em Jejum: 82mg/L
Níveis normais são de 70 a 99mg/L


Glicemia pós-prandial 98mg/L
(Após tomar muito suco de beterraba, laranja e açaí bem doce)
Níveis normais são de 70 a 140mg/L







Em nenhum momento até agora, eu me senti fraca, abatida ou desnutrida. O açúcar das frutas tem sido a minha fonte de energia, além dos nutrientes, antioxidantes e minerais dos sucos.


Hoje fiz um suco horrível de repolho. Não façam isso! Até tentei adicionar sumo de limão e um pouco de sal do Himalaia (rico em minerais) para tentar dar um pouco mais de sabor, mas não deu certo, continuou horrível. Tomei assim mesmo. Afinal, o suco de repolho é anti-inflamatório, cicatrizante e bom para o fígado.



 Os sucos de hoje, foram:


Suco de salsão, abacaxi e uvas
Suco de beterraba, laranja e açaí
Suco de cenoura, pitanga e maçã
Suco de repolho com limão e sal do Himalaia (ugh )






 

Tive uma grande surpresa à noitinha: A minha fome, vontade de comer, apetite ou seja lá o que for que estava me incomodando tanto, subitamente desapareceu uns 90%. A minha irritação e tristeza deram lugar a um sentimento de imensa gratidão, o que me fez refletir sobre a vida.


Também me dei conta do quanto eu agredi e danifiquei o meu próprio corpo ao longo desses anos, especialmente por ingerir coisas que sempre considerei como normais, simplesmente porque todos comiam, como frituras, Coca-Cola, fast food, etc...


As pessoas geralmente consideram que tudo isso são alimentos e que devem ser tomados com graças e os introduzem aos seus filhos ainda em uma idade muito jovem. Infelizmente, esses "alimentos" quase não alimentam, pois são modificados e refinados até perderem as suas propriedades. As substâncias não naturais que são adicionadas à esses, são consideradas como lixo pelo organismo, que não sabe o que fazer com elas. Simplesmente, não o servem para nada e são acumuladas em nosso organismo ao longo do tempo, fazendo com que esse não funcione tão bem quanto deveria e até mesmo causando a falência de algum órgão.

Estar passando por um processo de desintoxicação, tem sido uma oportunidade de recomeçar  e de respeitar mais o meu próprio corpo e a natureza. Tem realmente sido uma transformação.


Um comentário:

Follow @ Rawfoodmec